O Presidente da República disse hoje que a abertura de Portugal para colaborar com Moçambique «é total», considerando que as autoridades moçambicanas têm todo o interesse em solicitar cooperação internacional para resolver as «situações dramáticas» que estão a acontecer.

«Cidadãos portugueses, mas não só, vivem situações dramáticas de um grau extremamente elevado em Moçambique, as descrições da forma como os raptos têm se processado evidencia o nível de insegurança que neste momento é sentida em Moçambique», afirmou o chefe de Estado, Aníbal Cavaco Silva, quando questionado sobre a situação que se vive naquele país africano.

Reiterando a «abertura total» de Portugal para colaborar com as entidades moçambicanas, já manifestada pelo Governo português, Cavaco Silva notou que "Moçambique tem todo o interesse em solicitar a cooperação internacional para enfrentar um problema que está a afetar a sua imagem no exterior".