O Presidente da República recordou hoje a dedicação à causa pública do antigo ministro e ex-deputado socialista Eduardo Pereira, que morreu no sábado, sublinhando o seu conhecimento dos assuntos relacionados com a segurança interna.

"Engenheiro civil de formação, Eduardo Ribeiro Pereira notabilizou-se pelo seu sentido de dedicação à causa pública, quer no exercício de funções como deputado em várias legislaturas, quer como ministro da Habitação, Urbanismo e Construção do I Governo Constitucional e, depois, como ministro da Administração Interna do IX Governo Constitucional", lê-se numa mensagem do chefe de Estado, Aníbal Cavaco Silva, enviada à família de Eduardo Pereira.

Na missiva, divulgada na página da Presidência da República na Internet, Cavaco Silva destaca ainda o conhecimento que o antigo ministro de dois dos governos liderados por Mário Soares tinha dos assuntos relacionados com a segurança interna, considerando que se tornou numa "voz respeitada e ouvida num domínio essencial à vida dos portugueses", sempre defendendo o interesse nacional e manifestando um "profundo sentido de Estado".

"Justamente por isso, em 2007 tive ensejo de condecorá-lo com a Grã-Cruz da Ordem do Mérito, reconhecendo os valiosos serviços prestados a Portugal", acrescenta ainda o Presidente da República.

Também o primeiro-ministro destacou a “forma dedicada” como o antigo ministro e ex-deputado socialista Eduardo Pereira, que morreu no sábado, serviu o país.

“Foi uma figura destacada da vida política portuguesa, que, ao longo da sua vida, serviu de forma dedicada o país e soube sempre defender o interesse público, nomeadamente no exercício de altos cargos de governação”, refere em comunicado Pedro Passos Coelho.


Eduardo Pereira morreu no sábado à noite, aos 87 anos.