"Achamos um bocadinho estranho que o Presidente nunca tenha percebido qual a lei que existia. Foi primeiro-ministro 10 anos, mais Presidente durante 10 anos e, com 20 anos com estas funções, aparentemente, foi preciso alguém lembrar-lhe de uma lei que está em vigor desde 1975", apontou Catarina Martins, na sede lisboeta do BE.


eleições legislativas para o mês de outubro.


"O BE tem dito que compreende que é preciso uma atualização da lei que vá ao encontro da evolução normal, até tecnológica, da comunicação social. O BE tem na sua história a prova de que é possível fazer os encontros necessários para resolver os problemas que têm sido explicados pela comunicação social sobre debates e etc. O BE, quando ainda não tinha assento parlamentar, chegou a acordo porque foi ouvido pela comunicação social, foi respeitado e respeitou as possibilidades", continuou a dirigente bloquista, como reporta a Lusa.