O Twitter não perdoa e há já uma enxurrada de críticas ao mais recente cartaz da Juventude Social Democrata. E para lá da politiquice, o que está em causa é mesmo uma lição de história aparentemente mal aprendida.

A ideia da JSD com a pergunta “Foi nisto que votou?” era causar indignação com a “coligação negativa” da esquerda que derrubou o Governo de Passos e Portas, como pode ver-se na imagem em cima. 
 
No entanto, quem reparar bem, há uma imagem de fundo, atrás de Jerónimo de Sousa, onde se vê a bandeira vermelha com a foice e o martelo sobre o Reichstag. É uma das imagens icónicas do século XX. Cá está ela:

 
Representa a tomada de Berlim pela URSS, ou seja, a queda simbólica do...  nazismo. Estávamos em 1945. Dias depois, a Alemanha rendeu-se e com isso terminou a II Guerra Mundial. 
 
O cartaz acaba, por isso, por poder suscitar a interpretação de que a esquerda 'radical' chegou para derrubar o 'nazismo' de Passos e Portas. E, vindo da JSD, presume-se que não era de todo essa a ideia.
 
No Twitter, a questão está a gerar polémica, gerando uma série de comentários a insinuar isto mesmo. Para além da "ignorância histórica" de que são acusados, há outras críticas. E, como de costume naquela rede, algumas carregadas de humor.
 
As críticas estendem-se ao Facebook, onde o cartaz foi publicado pela própria JSD.