O CDS-PP vai chamar ao parlamento, com caráter de urgência, o ministro da Agricultura, Capoulas Santos, para esclarecer o eventual cancelamento da reprogramação do Programa de Desenvolvimento Rural (PDR), disse à agência Lusa a deputada Patrícia Fonseca.

"O CDS tem a informação credível, que gostaríamos de ver esclarecida, de que o Ministério da Agricultura cancelou a reprogramação do PDR 2020, que era necessária para fazer face à enorme afluência de candidaturas às medidas agroambientais, o que fez ultrapassar largamente as dotações", afirmou Patrícia Fonseca.

A deputada centrista sublinhou que a reprogramação prende-se com o aumento da taxa de comparticipação nacional, que passou de 15% do Orçamento do Estado (OE), para 25% do OE.

"A confirmar-se, como é que o Governo vai pagar as medidas agroambientais? Vai tirar verbas às medidas de investimento?", questionou.

A deputada eleita por Santarém disse que o requerimento para a presença urgente de Capoulas Santos na comissão parlamentar de Agricultura segue ainda hoje.