A coordenadora nacional do BE, Catarina Martins, acusou sábado o novo líder do PSD, Rui Rio, de querer reformar o regime político apenas para garantir que “nada é feito sem o acordo da direita”.

A líder dos bloquistas falava no encerramento do Fórum Educação 2018 do BE, que decorreu durante todo o dia na Escola Secundária Maria Amália Vaz de Carvalho, em Lisboa, para debater várias questões ligadas ao ensino.

Na intervenção final do encontro, Catarina Martins disse ter escutado declarações de Rui Rio no decorrer 37.º Congresso do PSD, em Lisboa, nomeadamente sobre a questão do regime político e da necessidade de acordos de regime.

Rui Rio garantiu várias vezes no seu discurso, que Bloco Central nem pensar, mas que é preciso um acordo de regime para mudar o regime, para ter a certeza de que nada é feito sem o acordo da direita", declarou a líder bloquista.

Ou seja, precisamos mesmo de uma mudança do regime político que tire qualquer capacidade à esquerda de definir políticas, e que dê à direita o veto de todas as políticas, sejam elas sobre a gestão democrática da escola, sobre o investimento ou sobre o salário e o trabalho no país", concluiu.

Para Catarina Martins, "é como dizer que é preciso reformar o regime político e começar por garantir que o PSD consegue levar o regime político para casa".