O Bloco de Esquerda conseguiu eleger 19 deputados, um número recorde para o partido, cujo melhor resultado até aqui tinha sido em 2009, com 16 eleitos. O partido reuniu 10,22% dos votos, 544.962 no total, sendo que faltam duas freguesias por apurar.

O partido elegeu cinco deputados no Porto, Catarina Martins, José Soeiro, Luís Monteiro, Domicilia Costa e Jorge Campos, distrito onde nas útlimas eleições apenas tinha eleito dois. Em Lisboa, conseguiu mais dois do que os três de 2011, ou seja, cinco: Mariana Mortágua, Pedro Filipe  Soares, Jorge Costa, Isabel Pires e Jorge Falcato.

Manteve um deputado em Faro, elegendo João Vasconcelos, outro em Aveiro, com Moisés Ferreira, e conseguiu mais um em Setúbal, elegendo, assim, dois deputados: Joana Mortágua e Sandra Mestre da Cunha.

O Bloco conseguiu ainda resgatar deputados em distritos onde tinha perdido em 2011. Em Coimbra, José Manuel Pureza está de regresso ao Parlamento, bem como Pedro Soares, por  Braga. Em Santarém elegeu Carlos Matias e em Leiria Heitor de Sousa.

Na Madeira, o BE elegeu pela primeira vez um deputado numas legislativas, com José Ascenção .

EM ATUALIZAÇÃO