Francisco Louçã considera que a Bloco de Esquerda fez o maior contributo para vencer a direita e que não foi o partido que faltou a esse combate. 

"O Bloco de Esquerda fez o melhor contributo para vencer ea direita, não o foi o Bloco de Esquerda que faltou a esse combate [vencer a direita]."

O antigo líder do partido frisou que o bom resultado do partido, divulgado pelas projeções, confirma que o partido tem "deputados e deputadas extraordinárias" e "uma heroína" nesta campanha eleitoral: Catarina Martins.

"A Catarina Martins é a heroína desta campanha. Num partido coletivo não há sucessores há gente que se bate e a Catarina Martins bateu-se de forma extraordinária e criou uma mobilizaçaão fortíssima no país."


Apesar de a direita estar para já a vencer em número de votos, continua longe da maioria e essa é, para Francisco Louçã, uma vitória para o BE.

"As centenas de milhares votos perdidos pela direita demonstram que a austeridade nao é maioritária em Portugal. [...] É uma grande vitória para o BE."

Segundo a projeção da TVI a  terceira força política que sai destas legislativas é o Bloco de Esquerda, que consegue uma votação recorde, com 10,2%, alcançando um recorde também de até 19 deputados.