«Não percebi a sua referência de Salgado enquanto estrangulador e provocador da queda do Governo. Contribuiu muito pouco. Não penso que a queda do Governo possa ser imputável ao BES ou à posição de Ricardo Salgado».










«Nunca discuti com Salgado ou qualquer pessoa do BES questões de financiamento de qualquer projeto»






«Poderei ter, em particular, com o grupo BES, entre reuniões individuais e com vários participantes, uma vintena de reuniões», Mas rejeita qualquer «relação especial».




Colapso do BES «foi sem dúvida uma surpresa»



«Fiquei surpreendido com a situação que veio a público do BES, a partir da primeira metade deste ano, por aquilo que era o meu conhecimento do BES no exercício das minhas atividades governativas, pela posição que sempre revelou junto dos mercados e indicadores que eram públicos da sua atividade, da evolução e cotação do BES no mercado, dos resultados financeiros... »