O antigo líder do BE, Francisco Louçã, vai deixar de pertencer à Mesa Nacional do partido, o órgão máximo entre convenções, a que pertenceu durante 14 anos, adiantaram à agência Lusa fontes bloquistas.

Fontes do BE confirmaram que pela primeira vez o ex-coordenador bloquista não integrará nenhuma das listas de candidatos à Mesa Nacional que serão apresentadas na IX Convenção Nacional, que decorre este fim de semana em Lisboa.

Em 2012, Francisco Louçã abandonou a coordenação da Comissão Política do BE, sendo substituído por João Semedo e Catarina Martins, continuando como membro da Mesa Nacional.

Francisco Louçã é um dos subscritores da "Moção unitária em construção", dos atuais coordenadores, que nesta Convenção Nacional é desafiada pela moção "Bloco plural", encabeçada pelo presidente da bancada parlamentar bloquista, Pedro Filipe Soares.

A Lusa tentou contactar Francisco Louçã, sem sucesso.