O presidente eleito da Câmara de Lisboa, Fernando Medina (PS), reuniu-se na quinta-feira, a seu pedido, com uma delegação do Bloco de Esquerda, para discutir "questões programáticas" para a governação da cidade, anunciou hoje o partido.

Em comunicado, o Bloco de Esquerda revela que durante o encontro se procedeu “a um levantamento exploratório das questões programáticas que importam para o governo da cidade", tendo o partido reafirmado a Fernando Medina a "disponibilidade" para uma "viragem política".

Segundo o Bloco, essa viragem deve incluir "a construção de creches municipais, o resgate da taxa de turismo, a recuperação dos transportes públicos ou a concretização de programas de habitação que protejam as famílias contra despejos abusivos e substituam a PPP [parceria público-privada] prevista por um programa de habitação integralmente público".

Participaram na reunião pelo Bloco de Esquerda o candidato do partido à presidência da Câmara de Lisboa, Ricardo Robles, eleito no domingo vereador, e Isabel Pires, que era a primeira candidata à Assembleia Municipal.

Estas conversações continuarão nas próximas semanas", lê-se no comunicado.

O socialista Fernando Medina foi eleito no domingo presidente da Câmara de Lisboa, com 42,02% dos votos, mas perdeu a maioria absoluta na capital, ficando com menos três vereadores do que em 2013.