A pergunta surgiu no final do Conselho de Ministros. Seria esta a derradeira presença da ministra da Agricultura no briefing com os jornalistas e Assunção Cristas respondeu, ligando a sua situação privada à crise política.

«Estou tranquilamente à espera que a criança nasça. Pode nascer a qualquer altura porque será de termo. Enquanto puder vou continuar a estar. A semana passada podia ter sido a última vez, mas não foi. Ainda permitiu vir esta semana ao Conselho de Ministros e continuarei até que não possa mais, como estarei tranquilamente à espera que a situação política também tenha um desenlace», disse Assunção Cristas.