Aníbal Cavaco Silva, propôs uma reflexão urgente sobre o regime político português