António  Guterres visitou José Sócrates, no Estabelecimento Prisional de Évora, esta quinta-feira. O ex-primeiro-ministro surgiu de surpresa já perto da hora final das visitas. À chegada, o ex-primeiro-ministro não garantiu que falaria aos jornalistas à saída, dizendo apenas que não teria muito para dizer.

Pouco mais de 15 minutos depois, António Guterres deixava a prisão, justificando que não prestava declarações, uma vez que se tratava de uma visita «a um amigo». 

Instado pelos jornalistas, o ex-primeiro-ministro disse apenas que encontrou José Sócrates «muito bem». 

António Guterres foi primeiro-ministro entre 1995 e 2002, sendo que José Sócrates foi secretário de Estado e ministro nos dois Governos socialistas. 

Entre 1999 e 2002 Sócrates foi Ministro do Ambiente e do Ordenamento do Território do XIV Governo Constitucional, antes entre 1997 e 1999 foi Ministro-adjunto do Primeiro Ministro do XIII Governo Constitucional e entre  1995 e 1997 foi Secretário de Estado Adjunto do Ministro do Ambiente. 

José Sócrates recebeu também hoje à tarde a visita do antigo ministro e autarca socialista do Porto Fernando Gomes.