O secretário nacional do PS, António Galamba, acusou o PSD e o PCP de fazerem uma «coligação negativa» contra os socialistas para «desviarem a atenção» das políticas de austeridade do Governo.

«Os portugueses perguntam-se o que junta Jerónimo de Sousa e Marco António no ataque ao PS. A resposta é evidente, uma lógica de coligação negativa ao PS, fazem parte do mesmo projeto de desviar a atenção do essencial que são as políticas de austeridade que o Governo tem concretizado», afirmou.

Em declarações à Agência Lusa, o dirigente socialista rejeitou as críticas do secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, que disse este domingo que o PS está numa posição de «quanto pior melhor» e que espera que o atual executivo governe até 2015.

António Galamba defendeu que o PS está a «afirmar a sua alternativa», exemplificando que «acabou de apresentar propostas para a reforma do IRC».

O coordenador permanente da Comissão Política Nacional e porta-voz do PSD, Marco António Costa, considerou este domingo em Paris que «o Partido Socialista vive envergonhado com as relações com o Presidente francês, François Hollande».

Rejeitando a crítica, o dirigente socialista contrapôs que «o PS tem vergonha de ter um Governo que não defende o interesse nacional».