O elenco governativo do PS está, por fim, completo. Depois de terem sido conhecidos os 17 ministros, esta quarta-feira foi divulgada a lista de secretários de Estado. No total, são 41 e entre eles há 16 mulheres.

António Costa terá dois secretários de Estado sob a sua direta dependência: um com a secretaria dos Assuntos Parlamentares, Pedro Nuno Santos, e outro adjunto, Mariana Vieira da Silva.

Como vinha a ser anunciado pela imprensa, Pedro Nuno Santos será o novo Secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares. O líder da Federação de Aveiro e antigo secretário-geral da Juventude Socialista foi escolhido para ser um dos pivots de António Costa na Assembleia da República. A sua missão será, precisamente, fazer a ligação entre o Governo e o parlamento, garantindo condições de governabilidade. Conotado com a ala esquerda do partido, Pedro Nuno Santos esteve nas negociações do PS com os partidos de esquerda.

Mariana Vieira da Silva, filha do novo ministro do Trabalho e da Segurança Social, Vieira da Silva, é outra confirmação. Fez parte do núcleo que elaborou o programa eleitoral e pertence à Comissão Política do PS. Fica como secretária adjunta de António Costa. 

No ministério das Finanças, ao lado de Mário Centeno, fica Ricardo Mourinho Félix. O primo do "special one", José Mourinho, já tinha sido candidato por Setúbal e agora será o Adjunto do Tesouro e das Finanças. 

E por falar em primos conhecidos, o nome do novo secretário de Estado da Energia não engana: Jorge Seguro Sanchez é primo do ex-secretário geral do PS António José Seguro que perdeu a liderança do partido para António Costa, em eleições internas.

Nas Infraestruturas outro nome familiar: Guilherme Waldemar d’Oliveira Martins é filho do antigo presidente do Tribunal de Contas.

Destaque ainda para Marcos Perestrello, presidente da distrital do PS de Lisboa, que é o escolhido para a Defesa. Este é o regresso a uma pasta que conhece bem, uma vez que foi secretário de Estado da Defesa e dos Assuntos do Mar do segundo Governo de José Sócrates.
 
Fernando Rocha Andrade fica com os Assuntos Fiscais, João Leão com a secretaria de Estado do Orçamento e Carolina Ferra com a da Administração e do Emprego Público.

VEJA A LISTA COMPLETA DE SECRETÁRIOS DE ESTADO

O elenco está fechado e já foi aprovado por Cavaco Silva. O XXI Governo Constitucional de António Costa vai tomar posse esta quinta-feira, no Palácio da Ajuda, às 16:00.

Para a semana, na terça e na quarta-feira, o programa do Governo será discutido no parlamento. 

Portugal viveu nos últimos tempos acontecimentos sem precedentes na história da democracia portuguesa, com negociações históricas à esquerda e a formação de um governo que se tornou no mais curto de sempre. Com a indigitação de António Costa e a tomada de posse do Governo, apoiado por uma maioria parlamentar, chega ao fim a crise política que se estendia desde as eleições.