O programa de Governo do PS foi entregue, esta sexta-feira, pelas 15:00, ao Presidente da Assembleia da República. A discussão do mesmo será feita no parlamento na quarta e quinta-feira, decidiu hoje a conferência de líderes. O executivo tomou posse esta quinta-feira no Palácio da Ajuda.

O secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Pedro Nuno Santos, e Eduardo Ferro Rodrigues estiveram reunidos cerca de 15 minutos a propósito da entrega do documento. 

O programa do Governo socialista foi aprovado hoje mesmo no primeiro Conselho de Ministros, reunião que durou cerca de duas horas e meia, pela manhã. 

Inicialmente, a discussão do programa estava pré-agendada para terça e quarta-feira mas o primeiro-ministro, António Costa, está em Paris na segunda e terça-feira para uma conferência internacional sobre clima e desse modo houve o pedido - aceite por todos os grupos parlamentares - de adiar a discussão do programa de Governo.

De acordo com o porta-voz da conferência de líderes, o deputado do PSD Duarte Pacheco, a discussão sucederá na quarta-feira da parte da tarde, a partir das 15:00, e na quinta-feira em dois blocos: pelas 10:00 primeiro e de tarde pelas 15:00.

A conferência de líderes das bancadas parlamentares voltará a reunir-se na sexta-feira para fazer novos agendamentos, previsivelmente até final do ano, indicou Duarte Pacheco.

O primeiro Conselho de Ministros do XXI Governo Constitucional, que teve na agenda a aprovação do programa do executivo, terminou hoje ao fim de duas horas e meia de reunião, disse à Lusa fonte oficial do Governo.

O programa de Governo corresponde em larga medida ao documento que foi aprovado na última reunião da Comissão Nacional do PS, no passado dia 7 de novembro, e incorporou medidas negociadas pelos socialistas com o Bloco de Esquerda, PCP e "os Verdes" - os partidos que suportam o executivo liderado por António Costa no parlamento.

O XXI Governo Constitucional, liderado pelo secretário-geral do PS, António Costa, e apoiado no parlamento pelas restantes forças da esquerda parlamentar (PCP, Bloco de Esquerda e "Os Verdes"), foi empossado na quinta-feira à tarde pelo Presidente da República, Cavaco Silva, no Palácio da Ajuda.