"É preciso muito descaramento de eles que se comprometeram em Bruxelas com o corte nas pensões dizer que somos nós que queremos cortar. Que fique muito claro: nós só temos uma palavra e só temos um compromisso. É o compromisso que aqui está escrito. Com o PS não há nem haverá corte das pensões. Com o PS haverá reposição integral das pensões".

concretizar


"Temos de chamar todos"








"Se eu voltasse a ser jurista debruçar-me-ia muito sobre essa questão. A maioria das pessoas não é jurista. Poupemo-nos a discussões jurídicas, poupemo-nos a dúvidas sobre a vontade popular. Expressemo-nos de forma simples e clara: votar no PS para que o PS tenha mais votos e para que o PS tenha mais deputados"






acontecido de manhã