O fundador do PS Luiz Roseira morreu esta quarta-feira, aos 91 anos, de acordo com uma nota do partido, na qual o secretário-geral, António Costa, expressa a sua "profunda consternação".

"O secretário-geral do Partido Socialista, António Costa, e o Secretariado Nacional do PS manifestam a sua profunda consternação pela notícia do falecimento do camarada Luiz Roseira, um dos fundadores do nosso Partido", refere a nota.


Os socialistas recordam que, "para além do exercício da medicina e de um defensor incansável da sua região do Douro, Luiz Roseira foi sempre um ativo militante do Partido Socialista com quem colaborou ao longo das últimas décadas, sempre de forma desinteressada e apaixonada".

O secretário-geral do PS determinou que a bandeira do PS na sede nacional do Partido, no Largo do Rato, em Lisboa, seja colocada a meia-haste durante os dias de hoje e de quinta-feira, em memória de Luiz Roseira, refere ainda a nota, onde se expressam as condolências do partido à família e amigos do fundador do PS.

O velório de Luiz Roseira terá lugar hoje na Igreja do Foco (Porto), realizando-se o funeral com missa na quinta-feira às 13:30, seguindo depois para Covas do Douro, onde será enterrado.