«Muitas famílias perderam o rendimento social de inserção (RSI), não porque a sua vida tivesse melhorado, mas porque este Governo lhes tirou o RSI ao alterar as suas regras, atirando-as para a pobreza», sustentou o líder socialista, antes de falar do caso da habitação em Portugal.


«O PS propôs na Assembleia da República que as casas de morada de família não fossem penhoradas, que tivessem um tratamento diferenciado, sendo suspensas as penhoras por dívida ao Estado. Mas esta maioria PSD/CDS, que é tão indulgente com os erros próprios, é, pelo contrário, implacável com o direito à habitação das famílias. Esta maioria PSD/CDS não hesita que até a casa de morada das famílias deve ser retirada, porque a cegueira e a insensibilidade social é total e absoluta neste Governo», disse.




«E até é um Governo da triste figura porque o líder [Pedro Passos Coelho] tem feito essa triste figura», declarou Guilherme Pinto.