O primeiro-ministro vai receber em audiência, em São Bento, no próximo dia 12, a comissão informal de artistas, movimento que tem contestado os critérios do concurso do programa de apoio às artes.

Fonte do executivo adiantou à agência Lusa que António Costa marcou a reunião com esta comissão "para o dia imediato após o seu regresso de Londres na quarta-feira da próxima semana".

O primeiro-ministro realiza primeiro, no domingo e segunda-feira, uma vista a França, no quadro das comemorações do Centenário da Batalha de La Lys, integrando uma delegação que será chefiada pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

Na terça e quarta-feira, António Costa estará depois dois dias no Reino Unido, em Londres, numa deslocação com predominante caráter económico.

A comissão informal de artistas, que agrupa profissionais da cultura, manteve hoje o pedido de audiência ao primeiro-ministro, apesar de António Costa ter anunciado esta manhã um reforço de 2,2 milhões de euros no financiamento do programa destinado às artes.

Para a comissão, a resposta de hoje de António Costa "parece não reconhecer um problema de fundo que transcende estes últimos concursos" e que "reitera a necessidade de um diálogo que não pode ser feito apenas através dos meios de comunicação social".

A comissão enviou na terça-feira uma carta aberta ao primeiro-ministro, com caráter de urgência, subscrita por perto de 50 companhias de teatro e 140 artistas que - consideram - "demonstra a identificação de um conjunto muito significativo de entidades e indivíduos com a ideia de que é urgente um diálogo verdadeiro e profundo com o Estado".