O secretário-geral do PS, António Costa, disse este sábado em Coimbra que os portugueses só festejarão a saída da troika de Portugal quando “este Governo se for embora”, porque ele é “pior do que a troika”.

António Costa comentava assim uma notícia que disse ter lido hoje na comunicação social e na qual se referia que a ”coligação de direita” ia “fazer uma jantarada para festejar a partida da troika”.

O líder socialista disse ter ficado “intrigado” já que, acrescentou, a coligação PSD/CDS-PP quis ir, nas suas políticas, além da troika e continuou a política da troika depois de terminado o programa de assistência financeira a Portugal (no início de maio do ano passado).

António Costa falava na sessão de encerramento de um debate sobre o Serviço Nacional de Saúde, promovido pelo PS em Coimbra, no âmbito da definição de políticas para a criação de uma alternativa que o partido pretende ser nas próximas eleições legislativas.