A visita de Estado do Presidente da República de Angola a Portugal arranca hoje com um encontro com Cavaco Silva, prosseguindo com contactos com partidos no Parlamento e com a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, escreve a Lusa.

A visita de dois dias do chefe de Estado angolano José Eduardo dos Santos ficará marcada pela assinatura de um protocolo entre a Caixa Geral de Depósitos (CGD) e a Sonangol para a constituição de um banco de investimentos, um memorando que será assinado quarta-feira após o encontro com o primeiro-ministro português José Sócrates.

PS e PSD elogiam José Eduardo dos Santos

Hoje, o programa oficial da visita de José Eduardo dos Santos arranca às 11:00 com a chegada do Presidente angolano e da sua mulher, Ana Paula dos Santos, à Praça do Império, onde serão recebidos pelo Presidente da República português, Cavaco Silva, e Maria Cavaco Silva.

Depois das honras militares, o Presidente da República de Angola deporá uma coroa de flores no túmulo de Luís Vaz de Camões, seguindo-se um encontro com Cavaco Silva, no final do qual os dois chefes de Estado farão declarações à imprensa.

Almoço em Belém

Num programa separado, Maria Cavaco Silva e Ana Paula dos Santos visitarão o Museu da Presidência da República.

Depois de um almoço oferecido por Cavaco Silva no Palácio de Belém, José Eduardo dos Santos seguirá para a Assembleia da República, onde, por volta das 16:00, se reunirá com o presidente da Assembleia da República, Jaime Gama, e com representantes do partidos políticos com assento parlamentar (PS, PSD, PCP, CDS-PP, BE e PEV).

Meia hora depois, o Presidente angolano visitará a sede da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) e, à noite, será o convidado de um banquete oferecido pelo chefe de Estado português, no Palácio Nacional da Ajuda.