A ministra da Administração Interna, Anabela Rodrigues, disse, esta quinta-feira, que o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras já elaborou o manual de procedimentos para a atribuição de vistos gold, estando neste momento o documento a ser analisado.

Na conferência de imprensa realizada no final do Conselho de Ministro, Anabela Rodrigues disse aos jornalistas que o manual de procedimentos foi entregue pelo diretor do SEF no prazo estipulado.

«Está a ser analisado para depois ser adotado», adiantou a ministra.

Seguindo as recomendações do relatório da Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) ao procedimento de concessão de Autorização de Residência para Atividade de Investimento – conhecido por vistos gold -, a ministra mandou ao diretor do SEF elaborar um manual de procedimentos «claro, transparente e de cumprimento obrigatório», para a atribuição de vistos gold com «o intuito de uniformização de procedimentos».

A auditoria da IGAI foi pedida por Anabela Rodrigues, na sequência da operação Labirinto, uma investigação relacionada com a atribuição de vistos gold, que levou à detenção de 11 pessoas suspeitas de corrupção, branqueamento de capitais, tráfico de influências e peculato, entre os quais o ex-diretor do SEF.