"Governar implica, também, resolver os problemas que os outros não quiseram, não souberam resolver e até agravaram. Assim aconteceu no caso Banif, em que havia poucas semanas para resolver, em contexto de urgência, uma situação conhecida do anterior Governo há mais de um ano. O PS tinha uma solução alternativa, mas já não era viável", lamentou a dirigente socialista.




Segundo o deputado do PSD, "a austeridade, a contenção e o rigor, os sacrifícios, não nasceram por obra e graça de quem quer que seja que não fosse a governação do PS (…), uma política do PS que veio aqui novamente, sem pudor, dizer que estão preparados para repetir", lamentou.