O presidente da Lipor (Serviço Intermunicipalizado de Gestão de Resíduos do Grande Porto) e da Câmara da Póvoa do Varzim, eleito pelo PSD, fez esta segunda-feira rasgados elogios à «coragem», «determinação» e à política ambiental do primeiro-ministro, refere a Lusa.

«Penso que o primeiro-ministro é um homem determinado, corajoso, mas isto nada tem a ver com os partidos», declarou o autarca social-democrata Macedo Vieira, depois de ter sido recebido em São Bento por José Sócrates, encontro que durou cerca de uma hora.

Macedo Vieira chefiou uma delegação da Lipor - que integrou também os vice-presidentes das câmaras de Matosinhos (PS) e da Maia (PSD) - e que ofereceu ao primeiro-ministro uma escultura de Alberto Carneiro, em sinal de reconhecimento pelo papel de José Sócrates em relação a esta associação de municípios.

O presidente da Câmara da Póvoa do Varzim e da Lipor procurou justificar os motivos da entrega de uma distinção ao primeiro-ministro.

«O primeiro-ministro esteve ligado aos três grandes projectos da Lipor. Enquanto secretário de Estado do Ambiente esteve ligado ao centro de triagem; como ministro do Ambiente inaugurou a Lipor 2 Central Incineradora; e inaugurou enquanto primeiro-ministro a central de combustagem», justificou o presidente da Câmara da Póvoa do Varzim.

Interrogado sobre o facto de ser autarca eleito pelo PSD e entregar agora uma distinção ao primeiro-ministro em ano eleitoral, Macedo Vieira disse saber distinguir «aquilo que as pessoas fazem relativamente às instituições».

«Sempre tive uma boa relação com o senhor primeiro-ministro. Estou aqui a representar a Lipor e tenho de defender os superiores interesses da Lipor», justificou.

Nas declarações que fez aos jornalistas, o autarca social-democrata referiu que José Sócrates, enquanto primeiro-ministro, «tem tido» o ambiente como prioridade política.

«Como presidente da Lipor, como presidente da Câmara da Póvoa do Varzim e como cidadão entendo que o Governo tem tido um bom papel na área do ambiente. No país, penso que a política de ambiente não tem sido má», acrescentou o autarca do PSD.

Questionado sobre a forma como o PSD poderá reagir por ter um dos seus autarcas a elogiar o primeiro-ministro, Macedo Vieira mostrou-se despreocupado, dizendo que «não é a primeira vez» que elogia Sócrates.

«Tenho um apreço pelo primeiro-ministro já há bastantes anos, embora isto não queira dizer que esteja de acordo com tudo. Sou um homem livre e, relativamente às pessoas, tenho o direito de dizer aquilo que penso e faço», respondeu.

O presidente da Câmara Municipal da Póvoa do Varzim referiu depois que ainda recentemente o primeiro-ministro esteve presente na abertura do ano escolar no seu concelho.

«Não tive problemas em elogiar algumas das qualidades que o primeiro-ministro tem como político. Não tenho qualquer tipo de problemas relativamente a isso. Estou aqui em São Bento a representar uma instituição - e o partido [o PSD] não tem nada a ver com isto», argumentou o presidente da Câmara da Póvoa do Varzim.

A Lipor é uma associação de municípios da Grande Porto para o tratamento de resíduos sólidos produzidos nas autarquias de Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Porto, Póvoa do Varzim, Valongo e Vila do Conde.