"O PSD e o PP quiseram tentar neste dia, 40 anos depois, dividir o que já se uniu, ferir o que sarou, reviver o que não sobreviveu, perturbar o que já é adquirido. Nós escolhemos para hoje outra ênfase e outra significação"






"Por que razão o PS não ajudou a garantir a realização de uma sessão oficial de evocação dos 40 anos do 25 de Novembro? Será que foi pela simpatia de não colocar numa situação de desconforto os seus novos companheiros de caminho?"










não compareceram