O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, transmitiu sentidas condolências e profunda solidariedade às famílias das vítimas mortais do acidente ferroviário na localidade galega de O Porriño (Pontevedra).

"Ao tomar conhecimento do trágico acidente ferroviário ocorrido esta manhã na localidade espanhola de Porriño, quero transmitir às famílias das vítimas mortais, em nome do Povo Português e no meu próprio, os sentimentos do nosso profundo pesar e as nossas mais sentidas condolências e desejar aos feridos rápido restabelecimento", pode ler-se numa nota colocada na página da Presidência da República.

Segundo Marcelo Rebelo de Sousa, o pensamento "está com todos aqueles que foram atingidos neste acidente e, em particular, com quantos sofreram a dor das perdas humanas", a quem transmitiu a "mais profunda solidariedade".

Pelo menos quatro pessoas morreram e 49 ficaram feridas no descarrilamento de um comboio em O Porriño, Pontevedra (Espanha), na manhã desta sexta-feira, 09:25 locais (08:25 em Lisboa).

Entretanto, o presidente da Junta da Galiza (Governo regional), Alberto Feijóo, já admitiu que pode existir uma quinta vítima mortal.

Um dos mortos é o maquinista que, segundo a agência Efe, é português.

O comboio, com 63 passageiros, fazia o trajeto Vigo-Porto e era operado conjuntamente entre a CP portuguesa e a Renfe espanhola na linha conhecida com o nome "Celta", inaugurada em julho de 2013