O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, visitou, neste domingo, a Casa dos Marcos, da associação Raríssimas, na Moita, disse à TVI fonte oficial do Palácio de Belém.

Segundo a mesma fonte, o chefe de Estado visitou as crianças que passam o Natal na instituição e outros utentes, que estão numa unidade de cuidados continuados.

O Chefe de Estado quis sublinhar que os utentes estão acima de todas as polémicas e que é para eles que as instituições existem e devem continuar a trabalhar com competência, dedicação, isenção e carinho", lê-se numa nota divulgada no site da Presidência.

A Raríssimas está a ser a investigada pela Polícia Judiciária depois de a TVI ter revelado documentos que colocam em causa a gestão da instituição de solidariedade social, nomeadamente de Paula Brito da Costa, a presidente que entretanto se demitiu e que alegadamente terá usado o dinheiro para diversos gastos pessoais.

O caso provocou também a demissão do secretário de Estado da saúde Manuel Delgado, que em 2013 e 2014 foi consultor da Raríssimas, com um vencimento de três mil euros por mês, tendo recebido um total de 63 mil euros.

Na passada quarta-feira, a direção da Raríssimas determinou a "suspensão preventiva por 30 dias", com efeitos imediatos, de Paula Brito da Costa do cargo de diretora-geral da associação, por indícios de "ilícito laboral".

LEIA TAMBÉM: