A plataforma Livre/Tempo de Avançar deve apoiar a candidatura de António Sampaio da Nóvoa nas eleições presidenciais, segundo o resultado de um referendo interno divulgado este sábado, em que foram considerados 867 votos válidos.Na consulta sobre as presidenciais, 79,7% dos participantes responderam que o Livre/Tempo de Avançar deve apoiar um candidato, contra 19,6% que responderam “não” e 0,7% de respostas em branco, anunciou aquela plataforma.

Numa segunda pergunta sobre quem deve ser apoiado, António Sampaio da Nóvoa obteve 87,1% dos votos validamente expressos (exclui os votos em branco e nulos).

Seguiram-se Paulo Morais (7,1%), Henrique Neto (4%), Graça Castanho (0,3%) e Cândido Ferreira (0,2%), de acordo com os resultados da consulta divulgados pelo Livre/Tempo de Avançar.

“De acordo com o regulamento, apenas foram considerados válidos os votos em candidatos que já se tenham inequivocamente apresentado, tendo outras escolhas sido consideradas votos nulos”, lê-se numa nota do Livre/Tempo de Avançar.

Na consulta, registaram-se 17,9% de votos em branco e 7,6 % de votos nulos.

Ainda de acordo com o Livre/Tempo de Avançar, as “respostas às duas perguntas eram independentes”, sendo que “um voto ‘não’ na primeira questão não anulava a segunda questão”.