O Parlamento aprovou hoje uma resolução apresentada pelo PSD, apenas com a abstenção do PS, para que o Governo apresente com urgência um estudo sobre as consequências económicas da saída do Reino Unido da União Europeia.

Subscrito em primeiro lugar pelo deputado social-democrata Duarte Marques, a resolução recomenda ao Governo "a realização urgente de um estudo económico sobre as consequências para a economia portuguesa, que inclua o impacto direto e indireto detalhado por setor de atividade".

O projeto do PSD requer ao Governo que esse estudo económico "se debruce particularmente sobre as áreas mais significativas do relacionamento comercial entre Portugal e o Reino Unido" e que depois informe a Assembleia da República do resultado".

"Compete às autoridades nacionais acautelar a especificidade de Portugal no contexto da formação da posição conjunta dos 27 Estados-membros da União Europeia neste processo, particularmente tendo em consideração os curtos prazos temporais do processo negocial. O Governo português já dispôs de quase um ano desde a realização do referendo britânico para encetar diligências no sentido de realizar um estudo económico para não só acautelar o interesse nacional na formação da posição negocial conjunta, mas também para fortalecer esses setores mais afetados para o pós-Brexit", adverte-se no diploma dos sociais-democratas.