O Governo anunciou esta terça-feira que vai reunir-se, na quarta-feira, com os partidos políticos com representação parlamentar sobre o tema «combate ao terrorismo».

Os ministros da Administração Interna, Anabela Rodrigues, e da Presidência e dos Assuntos Parlamentares, Luís Marques Guedes, são os representantes do Governo nas reuniões, indica uma nota do gabinete da secretária de Estado dos Assuntos Parlamentares e da Igualdade.

As reuniões vão decorrer durante a manhã de quarta-feira, na Assembleia da República, e o primeiro encontro é com os representantes do PSD e do CDS-PP.

O segundo partido a ser recebido pelo Governo é o PCP, seguindo-se as reuniões com o Bloco de Esquerda, PEV e PS.

Fonte do Ministério da Administração Interna (MAI) disse à agência Lusa que, na passada quinta-feira, realizou-se no MAI uma reunião com o PS sobre o combate ao terrorismo a convite da ministra Anabela Rodrigues.

A ministra afirmou, recentemente, que está a ser feito «um afinamento de aspetos legislativos» em matéria de terrorismo, uma vez que este fenómeno está «em permanente mutação».

A mesma fonte do MAI disse ainda que a reunião dos Ministros da Justiça e dos Assuntos Internos (JAI) dos Estados-membros da União Europeia vai realizar-se dias 29 e 30 de janeiro com o tema do terrorismo em agenda.

O terrorismo voltou a estar na agenda política dos países da União Europeia depois dos atentados em Paris e de uma operação antiterrorista na Bélgica – que resultou na morte de dois jihadistas e na detenção de outros 13 presumíveis terroristas.

O ataque contra o Charlie Hebdo, a 07 de janeiro, fez 12 mortos, sete dos quais jornalistas. No dia seguinte, uma polícia foi morta e, um dia depois, quatro judeus morreram numa tomada de reféns no supermercado de produtos judaicos Hyper Cacher.