Judite Sousa diz que se trata de um livro que “fica para a história do país” pois esta foi uma “eleição decisiva” e os seis meses que a antecederam “foram muito intensos politicamente”.

“Acho que é sobretudo um livro que fica para a história do país porque estes últimos seis meses foram muito intensos politicamente. Tratou-se de uma eleição decisiva. Tivemos pela primeira vez na história da democracia um debate visto por mais de três milhões de pessoas, transmitido em direto e em simultâneo pelas três televisões.“

Em “Segredos”, o leitor vai descobrir todas as histórias que ficaram por contar, como explica a jornalista da TVI.

"É um livro que conta todas essas histórias que, durante seis meses aconteceram atrás das câmaras, como foram as negociações entre as televisões, o debate que custou 30 mil euros, as guerras surdas entre os partidos e as televisões.. todas essas historias que ficaram por contar."