Os parceiros sociais reúnem-se na quarta-feira em sede de Concertação Social, em Lisboa, para analisar os incêndios ocorridos em junho e debater a Reforma das Florestas.

De acordo com a convocatória enviada aos parceiros sociais, a que a agência Lusa teve acesso, a reunião plenária da Comissão Permanente de Concertação Social irá realizar-se pelas 9:30 e o ponto único da ordem de trabalhos é a “reforma das florestas e incêndios do passado mês de junho”.

A reunião contará com a presença do ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, bem como do secretário de Estado da Administração Interna.

O PCP tem sido uma das vozes críticas sobre esta matéria. Jerónimo de Sousa criticou, duramente, o Governo a quem acusa de fazer chantagem para a aprovação da reforma florestal.