“O Conselho do Governo decidiu afirmar a disponibilidade do Governo dos Açores em contribuir para a solução que, a nível nacional, vier a ser definida no âmbito das obrigações internacionais do Estado português, em especial do acolhimento de refugiados.”