O Podemos, partido espanhol de esquerda, pagou quase seis mil euros para que o primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, fosse ao congresso de fundação do partido, em novembro. A informação é avançada pelo portal espanhol de notícias «ABC».

Dois dias que custaram 5 734,33 euros. O valor incluiu um carro em Madrid à disposição do Syriza, bilhetes de avião de ida e volta, jantar com os dirigentes do Podemos e alojamento num conhecido hotel no centro da cidade. Na visita a Espanha, Tsipras fez-se acompanhar pela mulher e por três assistentes do partido.

No congresso fundador do Podemos, o líder do Syriza criticou as linhas políticas da União Europeia, os partidos tradicionais e as políticas de austeridade aos níveis da despesa pública, do défice e da dívida.

Da lista de gastos da visita de Tsipras constam ainda um jantar para 21 pessoas, no valor de 829,50 euros, e o alojamento de Martine Billard, política francesa de esquerda. O alojamento de Billard custou 130 euros.