O ministro da Economia, Pires de Lima, defendeu esta quinta-feira que a existência de vários interessados na Espírito Santo Saúde «é bom para a economia portuguesa».

Grupo Mello lança OPA sobre a Espírito Santo Saúde

Questionado sobre o lançamento hoje de uma nova Oferta Pública de Aquisição (OPA) sobre a Espírito Santo Saúde, Pires de Lima considerou que «é bom para a economia portuguesa a existência de vários investidores interessados em ativos da economia nacional».

O ministro da Economia escusou-se comentar as propostas para o grupo que estão em cima da mesa: «Não seria cordial tomar partido numa discussão, num debate, que diz respeito ao funcionamento do mercado», disse, citado pela Lusa.

O grupo José de Mello Saúde (JMS) anunciou hoje ter lançado uma OPA sobre a Espírito Santo Saúde para concorrer com o grupo mexicano Ángeles.

A oferta do grupo José de Mello Saúde foi comunicada hoje de manhã à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) e implica uma contrapartida de 4,40 euros por ação, acima dos 4,30 (mais 2,3%) oferecidos pelo grupo mexicano, estando condicionada à aquisição de, pelo menos, 50,01% do capital do grupo dono do Hospital da Luz.