«Palavras de Passos não são para levar a sério»

João Pereira Coutinho diz que ninguém pode «prometer o que quer que seja», no atual contexto, sobre a reposição dos subsídios

Por: tvi24    |   7 de Abril de 2012 às 00:57
João Pereira Coutinho defende que é «pura ficção científica» prometer «o que quer que seja» relativamente à reposição dos subsídios suspensos no setor público.

«O problema é que as palavras de Pedro Passos Coelho sobre os subsídios de férias e de Natal, sem falar do burburinho que levantaram no país, não são para levar a sério», disse o comentador na 25ª Hora da TVI24, esta sexta-feira.

Para o João Pereira Coutinho, a razão para que o primeiro-ministro não possa dizer o que acontecerá tem a ver com a incerteza da evolução da conjuntura económica. «Não são para levar a sério, porque o Governo desconhece em absoluto o que será a economia portuguesa, para já não falar na europeia, nos próximos meses ou anos», apontou.
PUB
Partilhar
EM BAIXO: Coutinho
Coutinho
COMENTÁRIOS

PUB
Sócrates enfrenta terceiro dia de inquirição

Ex-primeiro ministro regressou ao Campus da Justiça para continuar a ser ouvido pelo juiz Carlos Alexandre. Domingo à noite Sócrates saiu do Campus de Justiça às 21:43, de sorriso na cara. Recorde-se que ex-PM foi detido na sexta-feira no aeroporto de Lisboa quando chegava de Paris. É suspeito de crimes de fraude fiscal, branqueamento de capitais e corrupção