«Palavras de Passos não são para levar a sério»

João Pereira Coutinho diz que ninguém pode «prometer o que quer que seja», no atual contexto, sobre a reposição dos subsídios

Por: tvi24    |   7 de Abril de 2012 às 00:57
João Pereira Coutinho defende que é «pura ficção científica» prometer «o que quer que seja» relativamente à reposição dos subsídios suspensos no setor público.

«O problema é que as palavras de Pedro Passos Coelho sobre os subsídios de férias e de Natal, sem falar do burburinho que levantaram no país, não são para levar a sério», disse o comentador na 25ª Hora da TVI24, esta sexta-feira.

Para o João Pereira Coutinho, a razão para que o primeiro-ministro não possa dizer o que acontecerá tem a ver com a incerteza da evolução da conjuntura económica. «Não são para levar a sério, porque o Governo desconhece em absoluto o que será a economia portuguesa, para já não falar na europeia, nos próximos meses ou anos», apontou.
PUB
EM BAIXO: Coutinho
Coutinho
COMENTÁRIOS

PUB
Quatro mortos em café na Póvoa de Varzim

Dois homens e duas mulheres foram mortalmente baleados, nesta manhã, num café da freguesia de Estela, na Póvoa de Varzim, disse à TVI24 fonte dos bombeiros da Póvoa de Varzim. Há um jovem de 16 anos ferido. São todos da mesma família. A GNR confirmou, entretanto, à TVI24 que o autor dos disparos já foi detido. O homem, de 40/50 anos, encontrava-se em fuga em direção a Espanha quando se viu envolvido num acidente de viação, que acabou por levar à sua detenção.