“Ainda não é clara a proposta que a Esquerda tem para mostrar ao país. A Esquerda vai ter de demonstrar com muita clareza que tem uma proposta que cumpre integralmente e de forma totalmente escrupulosa que não deixe dúvidas absolutamente a ninguém, cá dentro e la fora, sobre os elementos fundamentais de estabilidade económica e política no quadro da moeda única.”

“A Esquerda não pode propor ao país, face a uma solução minoritária, que é aquela que Passos Coelho está a propor ao país, uma outra solução minoritária, com a desvantagem de não ter o partido mais votado”.