Os próximos dias serão decisivos para a Grécia, mas também para a Europa. Eurogrupo, Conselho Europeu e nova reunião dos ministros das Finanças marcam as agendas dos próximos dias.

 

O panorama europeu foi comentado por Mariana Mortágua, Isabel Meirelles, Paulo Trigo Pereira e Borges de Assunção, esta quarta-feira, no programa «Política Mesmo» da TVI24.

 

«É caricato que Portugal se coloque do lado dos credores», considerou a deputada do Bloco de Esquerda,

 

Já a especialista em Assuntos Europeus considerou que este é a «oportunidade para minimizar flagelo da austeridade».

 

Por sua vez, os professores universitários consideraram que a «Grécia entrou a matar» e que a «hipótese da saída da Grécia do euro só existe se o governo grego quiser».