Augusto Santos Silva considera que as três propostas de privatização da TAP apresentadas mostram que este é “um jogo muito perigoso”.
 

“Qualquer delas reforça o argumento dos que dizem que esta privatização é precipitada e é um jogo muito perigoso para quem quiser defender os interesses nacionais.”


O socialista lembrou que a decisão de privatização “pode ser revertida até a conclusão do processo”, tal como espera fazer António Costa, referindo a “hipocrisia” e “ambiguidade” do Governo.

Santos Silva lamentou ainda o “processo tortuoso”.
 

“A única coisa que tem sido certa é desvalorização permanente da empresa.”