«Portugal tem todo o interesse, mas mesmo interesse crítico, em que não haja rutura entre a Grécia e a restante zona euro, porque essa rutura pode ter consequências negativas sobre a situação portuguesa»,