TVI24

 

«É preciso ser muito prudente. Nós não temos que privatizar a TAP. Privatizar a TAP faz-nos correr muitos riscos, perder o controlo público sobre a TAP, faz-nos correr muitos riscos, e portanto não estando de acordo que essa seja razão bastante para durante quatro dias impedir as pessoas de usar a TAP como seu meio de transporte, julgo que o Governo faria bem em pelo menos adiar essa decisão», afirmou Santos Silva.

No que concerne uma outra empresa pública, Augusto Santos Silva considera que o modelo de gestão da RTP, que contempla um Conselho Geral Independente, é uma solução engenhosa do Governo. O comentador da TVI24 disse mesmo que a RTP «está num vazio» e que corre o risco de «descambar».