Opinião: «Governo está a criar problema de dimensões irresolúveis»

Deputado do PCP falava antes do Parlamento ter revogado diploma do Governo sobre os chips

Por: tvi24    |   26 de Junho de 2010 às 13:45
O deputado do PCP António Filipe considera que o Governo «está a criar um problema de dimensões irresolúveis» numa dupla vertente: ao introduzir portagens nas SCUT e ao querer resolver o pagamento com chips obrigatórios nos veículos.

«O Governo considera indispensável a existência de um chip obrigatório para todos veículos. Diz que de outra maneira não é possível, porque seria necessário criar 92 cabines de portagens», começou.

Para o comunista, isso «só revela que essas SCUT foram feitas para não ter portagens, daí que o Governo agora precise de encontrar um dispositivo».

«Mas isso é uma violência, porque uma coisa é os utentes poderem ter Via Verde por sua própria conveniência, outra é o Estado obrigar todos utentes a possuir um chip», criticou, exemplificando com o «absurdo» que será para os turistas.

«O Governo, com esta decisão, está a criar uma situação injusta para aquelas pessoas que precisam de circular nessas vias e está a criar um problema de dimensões irresolúveis» com a obrigatoriedade dos chips, concluiu.

O deputado falava pouco antes da revogação, no Parlamento, do diploma do Governo sobre os chips, que colocou em causa o cobrar de portagens já a partir de 1 de Julho.
PUB
Partilhar
EM BAIXO: António Filipe
António Filipe
COMENTÁRIOS

PUB
Figo candidato à FIFA

Luís Figo anunciou em declarações à CNN que é candidato à presidência da FIFA. O ex-internacional português diz-se determinado a mudar uma organização, muitas vezes, associada ao «escândalo». Luís Figo faz parte de uma lista de seis candidatos, onde estão ainda Michael Van Praag, presidente da Federação holandesa, o antigo vice-secretário-geral da FIFA Jerome Champagne, o príncipe da Jordânia, Ali Bin Al-Hussein,e ainda o antigo internacional francês David Ginola