“A verdade é esta, é que durante estes meses todos não há um único facto concreto, oficial, da parte do Ministério Público, da parte da acusação, que permitisse um contraditório sobre factos, sobre factos concretos da parte de José Sócrates e que nos permitisse a nós fazer o nosso juízo”.