A Hyundai apresentou nesta quinta-feira um novo membro da família i30, o Fastback, que se coloca como um coupé de cinco portas entre o versão hatchback e a carrinha. Chega à Europa em meados do próximo ano.

Clique na imagem para ver a galeria de fotos

A redução da grelha («em cascata», símbolo da marca) em altura com ângulos pronunciados pretendem apresentar uma frente musculada. O teto rebaixado em relação às outras versões que se prolonga até ao spoiler incorporado na traseira pretende dar-lhe a elegância desportiva.

«O i30 Fastback é o primeiro coupé de cinco portas a entrar no segmento compacto», frisa Thomas A. Schmid, o chefe de operações da Hyundai Motor Europe. Thomas Bürkle, designer chefe da marca sul-coreana na Europa refere que o novo modelo «muda verdadeiramente as regras do jogo».

Doze cores para o exterior e três para os interiores são as disponíveis deste coupé com 1,425 mm de altura e 4,455 mm de comprimento.

No pacote de segurança estão em destaque, por exemplo os sistemas de travagem de emergência autónoma (com três fases de aviso) ou de alerta de fadiga do condutor. O Smart Cruise Control, um detetor de ângulos mortos ou um sistema de manutenção na faixa de rodagem também se destacam. O reconhecimento de peões é opcional.

As motorizações dividem-se entre duas a gasolina e duas a diesel. O Hyundai i30 Fastback a gasolina chega com os motores turbo 1.0 litros T-GDI de 120 cv e 1.4 T-GDI de 140 cv. O motor turbo diesel 1.6 litros chega com duas opções: 110 ou 136 cv.

O modelo de 1.0 litros a gasolina é o único confinado a uma transmissão manual de seis velocidades. Todas as outras versões podem optar entre aquela ou a transmissão dual clutch de sete velocidades.