A Maserati escolheu a 25ª edição do Festival de Goodwood, que arrancou esta quinta-feira, para a estreia mundial da gama Maserati MY19 e do novo Levante GTS. O SUV da Maserati com motor V8 e 500 cv é o irmão mais novo da versão de topo de gama, o Levante Trofeo, que faz a sua estreia europeia no mais prestigiando evento automóvel do mundo.

As duas versões V8 estão disponíveis apenas nos EUA, Médio Oriente e em alguns mercados da região Ásia-Pacífico,.

O Levante GTS Twin Turbo V8 mantém a arquitetura em V a 90° da unidade de 3,8 litros instalada no topo de gama Quattroporte GTS, embora reformulada para trabalhar com o sistema de tração integral Q4 Intelligent All-Wheel Drive, e reafinada para disponibilizar 550 cv (404 kW) às 6250 rpm, e um binário máximo de 730 Nm constante entre as 2500 e as 5000 rpm. Como todos os motores Maserati a gasolina, este V8 é montado pela Ferrari em Maranello.

Graças à sua notável relação peso/potência de 3,9 kg/cv, o Levante GTS necessita de apenas 4,2 segundos para alcançar os 100 km/h, ao mesmo tempo que a sua velocidade máxima é de 292 km/h – valores de performance de um superdesportivo moderno disfarçado por uma carroçaria de SUV de luxo. 

O rígido e perfeitamente equilibrado chassi do Levante foi ajustado para lidar sem esforço com a imensa potência do GTS, proporcionando uma experiência de condução digna da linhagem “Gran Turismo” deste novo Maserati of SUVs com motor V8.

O inconfundível design do Levante alcançou novos níveis de desportividade na versão Trofeo, e o novo GTS adotou um tema estilístico similar, focado na secção inferior dianteira e no para-choques traseiro, garantindo uma presença desportiva, porém, sofisticada.  

Atualizações subtis e novos conteúdos para as berlinas da Maserati e para o Levante.

Todas as versões do Ghibli, do Quattroporte e do Levante adotaram a redesenhada alavanca de comando da caixa de velocidades, previamente introduzida no Levante Trofeo, que oferece um diagrama de mudanças mais intuitivo, um curso mais curto e uma operação melhorada. O condutor pode, agora, optar por utilizar a caixa de velocidades ZF de oito relações em automático ou no modo manual simplesmente através da deslocação do punho da direita para a esquerda, ao passo que um simples pressionar do botão “P” coloca, sem esforço, a transmissão no modo de parque.

O sistema de infoentretenimento MTC+, nos três modelos, foi melhorado através dos gráficos do ecrã atualizados e da melhor ergonomia do sistema de controlo climático. Nos seus sumptuosos interiores, a Maserati introduz, pela primeira vez, a pele natural Piene Fior de flor integral, sem comparação com qualquer outro material utilizado na indústria automóvel, devido ao seu toque natural e suave, e ao caráter único que obtém com o passar dos anos.

A Maserati também oferece dois acabamentos interiores de alto brilho totalmente novos para os Ghibli e Quttroporte, e três para o Levante.

As paletes de cores exteriores também foram renovadas para o MY19: está disponível uma escolha de dez cores para o Quattroporte, e de onze para os modelos Ghibli e Levante. Duas novas cores de tripla camada estão agora disponíveis, criadas para realçar o design de cada qual, o emblemático vermelho Rosso Potente, e o profundo azul escuro Blu Nobile. O Centro de Estilo da Maserati também criou uma grelha frontal e saias laterais exclusivamente para o Quattroporte GTS GranSport.

Quanto ao recentemente introduzido pack Nerissimo, foi atualizado para o MY19. Está, agora, disponível numa mais ampla gama de cores específica para cada modelo, combinando elementos em preto com óticas dianteiras por LED, farolins traseiros e ponteiras de escape escurecidos, pormenores de acabamento em cromado preto e novas jantes com acabamento escurecido.