logotipo tvi24

Cimeira Ibérica: Olivença ainda é questão?

Estará Portugal a adoptar uma postura demasiado suave?

Por:
   |   2008-01-18 13:23

Olivença regressa como tema paralelo a uma Cimeira entre Portugal e Espanha. Sempre que os dois países se encontram, surge uma leve discussão sobre o tema, quase sempre suscitada pelo Grupo dos Amigos de Olivença.

Mas, será que Olivença ainda é uma questão?

«Claro que sim, apesar de em termos diplomáticos Portugal fazer muito pouco. O Governo tem adoptado uma postura de cautela, que revela uma certa falta de autoridade em relação à matéria. A sociedade civil pode ter uma reacção diferente e é por isso que continuamos a falar do assunto. Entendemos que continua a ser um ponto de fricção, por isso estamos aqui para desassossegar consciências», frisou o presidente da associação, António Marques, em declarações ao PortugalDiário.

Cimeira Ibérica: à espera da força espanhola
Cimeira Ibérica na «casa forte» de Tibães
Zapatero em campanha na Cimeira

Neste sentido, uma delegação do Grupo estará presente em Braga, junto ao local onde vai realizar-se a Cimeira Luso-Espanhola, em Braga. A ocasião será aproveitada para entregar uma carta aos dois chefes do Governo, onde será explicada a sua posição sobre a questão de Olivença, que consideram ainda estar por resolver.

«O Grupo dos Amigos de Olivença, com a legitimidade que lhe conferem 70 anos de esforços pela retrocessão do território, lança o desafio aos Governantes dos dois Estados para que, no respeito pela História, pela Cultura e pelo Direito, dêem início a conversações que conduzam à solução justa do litígio», lê-se numa nota informativa enviada à redacção.

António Marques explica que a intenção é convencer o Governo português a «levar por diante a sustentação dos direitos de Portugal, aguardando que o Governo de Espanha reconheça a ilegitimidade da sua presença nas terras oliventinas». Aliás, segundo o presidente do Grupo, a posição nacional, em termos formais (segundo declaração recente), continua a ser a mesma: Olivença é território português. O que na prática não existe.

Uma discussão que parece não ter fim. Deixe a sua opinião na caixa de comentários.

Partilhar
EM BAIXO: José Sócrates (Paulo Novais/Lusa)
José Sócrates (Paulo Novais/Lusa)

EM MANCHETE
Dos traumas à glória: cronologia da época
Mês a mês, o resumo de um percurso em crescendo do novo campeão nacional
Este é mais um ano sem aumentos salariais
Governo sonda Bruxelas sobre cautelar mais suave