O PS adiou para sexta-feira à noite a reunião da comissão política nacional prevista para esta quinta-feira com o objetivo de fazer a análise da situação política.

«Atendendo à continuação do processo de diálogo com vista à obtenção de um compromisso de salvação nacional, a comissão política nacional do Partido Socialista, tal como previsto na convocatória inicial, foi adiada para amanhã (sexta-feira) à mesma hora, na sede nacional», lê-se num comunicado.

Os socialistas admitem, no comunicado, voltar a adiar a reunião de sexta-feira, «caso se justifique» e «em função do desenrolar da situação política».

Na última reunião do Grupo Parlamentar do PS, na sexta-feira passada, António José Seguro afirmou perante os deputados socialistas que, no âmbito do processo proposto pelo Presidente da República, Cavaco Silva, tendo em vista «um acordo de médio prazo de salvação nacional» com o PSD e CDS-PP, nenhum acordo seria fechado sem uma decisão dos órgãos nacionais do seu partido.

Nas reuniões com o PSD e CDS, a delegação do PS tem sido liderada por Alberto Martins, contando ainda com as presenças dos dirigentes Eurico Brilhante Dias [membro do Secretariado Nacional] e Óscar Gaspar.