O cantor Zé Perdigão é hoje condecorado pelo governo provincial de Buenos Aires com o título de «Cidadão Honorário», uma distinção atribuída pela primeira vez a um artista português.

A distinção será entregue no decorrer de um concerto na Usína del Arte, na capital argentina, durante o qual o cantor irá homenagear «a grande diva da canção argentina» Mercedes Sosa, falecida em outubro de 2009, interpretando a canção «Zamba para olvidar», disse Zé Perdigão à Lusa.

O título de «Cidadão Honorário» foi entregue, entre outros, a Lady Gaga, Roger Waters, Iron Maiden, Diego, El Cigala e Stevie Wonder, sendo Zé Perdigão o primeiro artista português a recebê-la.

O intérprete atuou em 2012 na Argentina, no âmbito de uma digressão que passou pelo Uruguai e Chile, de apresentação da edição espanhola do seu segundo álbum, «Sonidos Ibericos», produzido por José Cid.

Em Buenos Aires, Zé Perdigão foi o único português que participou no I Festival Portenho de Fado e Tango, onde foi recebido «de forma apoteótica».

«Desde então recebi vários convites para regressar, mas outros compromissos impediram-me de agendar uma digressão, irei agora, no dia 21, receber a distinção e fazer um concerto e conto voltar para uma digressão durante os meses de outubro e novembro próximos», adiantou o cantor.